Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cais da Escrita

Blog destinado à publicação de trabalhos dos alunos do Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha visando promover o gosto pela leitura e pela escrita. Que os alunos escrevam por prazer, com criatividade e imaginação. Desde 25 de outubro de 2011.

Cais da Escrita

Blog destinado à publicação de trabalhos dos alunos do Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha visando promover o gosto pela leitura e pela escrita. Que os alunos escrevam por prazer, com criatividade e imaginação. Desde 25 de outubro de 2011.

5º A em aula de Campo no Estuval

5ºA em aula de campo no Estuval

lina5.JPG

A turma A do quinto ano e as professoras Carla Araújo e Lina Marques, no dia 5 de novembro, realizaram uma aula de campo no Parque do Estuval para conhecerem a biodiversidade local.

Pela manhã do dia 5 de novembro, os alunos e as professoras, por volta das 09:15, saíram em direção à floresta perto da escola básica, uma vez que a chuva ameaçava cair.
Nas mochilas, para além do lanche, os alunos transportavam lupas, binóculos, telemóveis, máquinas fotográficas, caderno de apontamentos e estojo.
Na mão, para fazer um diário gráfico, os alunos levavam uma prancha pequena de madeira, com folhas de desenho, para realizarem o desenho à vista de uma folha de árvore.
No local, os alunos observaram diversos tipos de árvores, fungos e cogumelos.
As crianças, infelizmente, também se depararam com muito lixo largado pela mão humana na natureza, que não conseguiram recolher devido à composição do mesmo.
Como o tempo melhorou o grupo decidiu deslocar-se até ao Parque do Estuval.
Pelo caminho, os alunos viram um rebanho, pequenos insetos, inúmeros tipos de árvores e arbustos e uma variedade imensa de cogumelos.
Já no parque do Estuval foi a hora de lanchar e observar de forma minuciosa a fauna e a flora local ao som dos pássaros e de um pequeno ribeiro.
Os alunos fizeram recolha de sons e imagens para mais tarde trabalharem no seu projeto, assim como, efetuaram a atividade “desenho à vista”.
A atividade para além de ter sido um sucesso, foi um imenso contributo para aprendizagem pessoal em relação à biodiversidade local.

Texto coletivo da turma 5ºA, disciplina de Português 

Professora Carla Araújo

lina3.JPG

lina2.JPG

lina 1.JPG

lina6.JPG

 

 

 

 

Aula de Campo - Parque do Estuval

Aula de Campo da turma 5º C

IMG_0146.JPG

     A turma 5ºC efetuou, no dia7 de novembro, uma aula de campo ao Parque do Estuval para conhecer a Biodiversidade local.
    Pelas 9:30, os alunos da turma, juntamente, com as professoras Lina Marques e Marlene Martins saíram da Escola Básica em direção ao Parque do Estuval.
    Nas mochilas, para além dos deliciosos lanches, também haviam: telemóveis, tablets, máquinas fotográficas, bloco de notas, lápis, canetas, binóculos e lupas. Na mão, os alunos iam nunidos de uma prancha de madeira e folhas brancas para fazerem um diário gráfico.
    No caminho até ao Parque do Estuval, os alunos observaram a Natureza que os rodeava: eucaliptos, pinheiros, plátanos, pequenos arbustos, plantas rastejantes, flores de várias espécies e diversos tipos de cogumelos. Também observaram um rebanho com o respetivo cão num campo verdejante.
     Os alunos e professores chegaram ao parque por volta das 10:30 e como a fome já apertava, foi hora de devorarem os lanches.
    Depois da barriga cheia, todos exploraram a fauna e a flora local.
    Os alunos encontraram árvores e vegetação diversas, assim como, inúmeros pequenos seres: aranhas, larvas, bichos - da - conta, mosquitos, lesmas, caracóis, lagartas, muitas formigas, uma salamandra às manchas pretas e brancas e uma rã vermelha.
    De seguida, cada aluno escolheu uma folha de uma árvore e fez o seu “desenho à vista “.
    Esta aula de campo valeu a pena porque os alunos aprenderam mais sobre a biodiversidade e sobre a necessidade de a proteger e valorizar. Também se aperceberam que o mundo que os rodeia pode ser uma excelente sala de aula.
    O regresso fez-se com alguma tristeza porque os alunos se depararam, nesta aula de campo, com os diversos focos de poluição.
   Todos gostaram desta interessante experiência e esperam voltar repeti-la.

lina7.JPG

 

 

Pela turma do 3.º ano, do CE de Angeja.

Receita para fazer uma professora

Professora.png

Pega-se numa dezena de anos de idade,

Mistura-se um punhado de beijinhos

E bate-se com amor e carinho.

Acrescenta-se um pote de amor, com muita calma.

Mistura-se tudo, delicadamente,

Para ficar muito belo.

Vira-se para uma taça em forma de um coração.

Depois de ir ao forno, deixa-se arrefecer um bocadinho.

Decora-se com chantili e bocadinhos, miudinhos, de chocolate.

Só falta o prato, que vai ser redondo e às cores.

Eis uma professora feita por uma criança!

 

Elisabete Barbosa (Texto melhorado com a ajuda da turma)

 

 

Receita para fazer um irmão

irmãos.jpg

Envolve-se, delicadamente, um quilo de amizade

Com um frasco de beijos e um pacote de beleza.

Mistura-se tudo muito bem.

Vai ao forno, em lume brando,

Num recipiente com a forma de automóvel.

Desenforma-se para um belo prato, enfeitado com carrinhos.

Decora-se com ternura e bondade.

E assim nasce um irmão perfeito.

 

Inês Ferreira

 

Da turma do 3º ano do CE de Angeja

Professora Titular de Turma: Emília Marques

S. Martinho. Pela turma do 4º ano da Escola da Avenida.

Martinho era um soldado romano

Muito forte e corajoso

Que num dia frio e tempestuoso

Encontrou no seu caminho um humano

 

Era um mendigo a tremer de frio

Martinho cheio de compaixão

Com a sua espada na mão

Cortou a capa ao meio!

 

De metade ao mendigo

Que se cobriu agradecido

Logo o sol apareceu a brilhar no céu

Para agradecer ao bom martinho.

Francisco Bastos

 

No dia 11 de novembro

Comemora-se o S. Martinho

Comem-se muitas castanhas

E, quem pode, bebe vinho!

 

Nesse dia especial

Faz-se uma festa!

E depois dorme-se

Uma boa sesta!

 

Com o verão de S. Martinho

O sol de novo vai brilhar

Sem chuva e sem vento

Lá fora podemos brincar

Guilherme Valdez

O dia de S. Martinho

Está a chegar

As castanhas caem

Para a gente assar!

 

O castanheiro está carregado

De ouriços para apanhar

Mas vou levar umas luvas

Para não me picar!

 

As brasas estão prontas

Para as castanhas assar

Vou levar um copinho

Para a eles me juntar!

Paulo Neto

Meu querido S. Martinho

Acaba de chegar,

Traz contigo as castanhas

Vou comer até casar!

 

As castanhas são bem boas

E com elas as bebidas

Mas o mais importante ainda

É juntar as minhas amigas!

 

Contigo trazes o frio

Roupa quente vou vestir

Anuncia-se o Natal

A minh’alma já o conseguiu sentir!

Lunna Balzani

 

No S. Martinho,

As castanhas vou comprar

Para mais tarde as comer,

Depois de na fogueira assar.

Leonor Pereira

 

As melhores castanhas de S. Martinho

São assadas na fogueira

Têm logo um rico gostinho

Hum… estão mesmo à maneira!

 

Acompanhadas de uma boa jeropiga

E um lindo dia de verão

Mas que bela companhia

As castanhas marcharão!

 

Os meninos na escolinha

O dia vão celebrar,

Aos pulos, risos e em corridinha

As caras vão enfarruscar!

Lucas Rodrigues

No dia de S. Martinho

É para comemorar,

Pois era bondoso

E gostava de ajudar.

 

Como era boa pessoa

Foi santificado,

Ajudou pessoas

E em novembro houve verão.

 

Foi a meio de novembro,

Que tal coisa aconteceu,

Mas mesmo sendo boa pessoa

Um dia faleceu.

Gabriel Duarte

 

Novembro um bom mês

É o mês de S. Martinho

Gosta muito de castanhas

Mas há quem goste mais de vinho…

 

Doa onze de novembro

Lindo dia dos magustos!

Há meninos tão enfarruscados

Que até nos põem sustos!

Maria Gabriela Araújo

Ó meu rico S. Martinho,

És um santo protetor.

Livraste o pobrezinho

Do frio e da dor.

 

Em novembro

Do S. Martinho me lembro,

Das castanhas e do vinho

Que adultos devem beber com juizinho.

 

As castanhas a assar

Numa grande fogueira

E os meninos à roda

Numa grande brincadeira!

Inês Araújo

No dia de S. Martinho

O sol continua

A chuva descansa

E assim vamos ao bailinho.

 

N baile de S. Martinho

A alegria volta

A tristeza e a raiva param

E assim o povo fica quentinho.

Clara Melo

Na noite de S. Martinho

Não saio para a rua

Fico em casa quentinho

A apreciar a lua!

 

Mas durante o dia

Asso castanhas

É uma alegria

Se não houver aranhas!

 

Não pulo na fogueira

Tenho medo de cair

Para não fazer asneira

Deixo os outros seguir!

Carolina Bandeira

Da turma do 4º ano da EB da Avenida

Professor Titular de Turma: José Manuel Alho

Pela turma do 3º ano, do Centro Escolar de Angeja.

A menina bailarina 

bailarina.jpg

A menina bailarina era tão boa a dançar!

As suas danças eram tão belas, lindas, sentimentais, …

O amor dela era infinito!

Os seus pequeninos pés, tão belos!

Pegou no seu véu e dançou.

Parecia que estava no céu!

Bailou, bailou, bailou...

E que troféu tão brilhante ganhou!

 

Margarida Almeida (texto melhorado com a ajuda da turma)

Da turma do 3º ano do CE de Angeja

Professora Titular de Turma: Emília Marques

Da turma do 4º ano, da EB1 da Cruzinha.

A beleza do outono

Que belo é o outono!

Vermelho, amarelo e castanho.

São as cores do outono.

Que encanto tamanho!

 

Que belo é o outono!

Com a sua folhagem.

Parece um sonho!

A colorida paisagem.

 

Que belo é o outono!

Não há tristeza, só beleza.

A brisa fresca que leva a camisa.

Gosto do outono, tenho a certeza.

Constança Silva

Mariana Castanheira

 

Mimi

Sabem quem é a Mimi ?

 

É uma gata branquinha

da cor da farinha .

 

Sabem quem é a Mimi?

A Mimi é carinhosa,

gosta  de ser vaidosa,

também  gosta de brincar

e claro de sonhar.

 

Sabem quem é a Mimi?

 

A Mimi é um bocado arisca,

Tem a mania de ser artista

E vai comigo à florista.

 

Sabem quem é a Mimi?

Eu já me perdi.

Leonor Gassman

Da turma do 4º ano da EB1 da Cruzinha

Professora Titular de Turma: Carlota Meirinhos

Pág. 1/2

Mais sobre este Cais

Selo BloguesEDU

Dica do dia

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D