Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cais da Escrita

Blog destinado à publicação de trabalhos dos alunos do Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha visando promover o gosto pela leitura e pela escrita. Que os alunos escrevam por prazer, com criatividade e imaginação. Desde 25 de outubro de 2011.

Cais da Escrita

Blog destinado à publicação de trabalhos dos alunos do Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha visando promover o gosto pela leitura e pela escrita. Que os alunos escrevam por prazer, com criatividade e imaginação. Desde 25 de outubro de 2011.

Pela turma do 3.º B, da EB de Albergaria-a-Velha.

Observa este quadro de Dubuffet e escreve o que pensas sobre ele.

O que estará aqui representado? O que te faz sentir?

Jose.jpg

Neste quadro de Dubuffet, consigo ver um castelo com seis homens a brincar, muitas janelas, um major a sair pela porta, uma menina, um homem na cozinha e três meninas em cima do castelo a lanchar.

Eu acho o quadro muito bonito, mas também que está sujo e um pouco torto, a balançar. Tem também umas palavras “plastschouds” e “modes” que não sei o que significam.

O quadro faz-me sentir alegre, mas também me faz sentir triste, não sei porquê! Este quadro também me faz sentir confuso, pois tem umas coisas que eu não percebo, por exemplo, quando olho para as janelas vejo um osso, duas caras de pessoas e um dragão.

É curioso que todos os homens do quadro estão de braços abertos, parece que se vão abraçar.

Também é curioso que todos usam chapéu!

José Lemos

A casa do Senhor João

Um dia, o Sr. João, que é um bom trabalhador, encontrou vários tijolos abandonados. O Sr. João teve uma ideia:

- Vou construir uma casa com estes tijolos, e fazer uma surpresa à minha família.

No dia seguinte, o Sr. João começou a fazer cimento e no sítio que ele achou melhor colocou alguns tijolos com o cimento e fez a primeira parede.

Os dias foram passando e as paredes iam “crescendo”, até que chegou a altura do senhor João fazer o telhado e colocar as portas e as janelas. A casa estava feita. Estava na altura de escolher a cor para a pintar.

Como o senhor João sabia que a mulher gostava muito de cor-de-rosa decidiu começar a pintá-la dessa cor por fora e branca por dentro. As portas e as janelas pintou de castanho claro.

Estava na altura de chamar a família para fazer a surpresa.

Quando a mulher e o filho chegaram nem queriam acreditar:

- Mas que casa maravilhosa! Foi a melhor surpresa que nos podias ter feito! Sei que aqui vamos ser muito felizes. Obrigado!

Catarina Figueiredo

As crianças no parque

Certo dia, dois meninos, o Dinis e a Lia, foram ao parque porque estava sol para brincar.

No parque, existia um escorrega, um baloiço, árvores, arbustos. Estava um sol brilhante. Os dois meninos eram irmãos e estavam a brincar.

O Dinis  no baloiço e a Lia no escorrega. Às vezes, trocavam. O Dinis lembrou-se:

- Vamos brincar as escondidas?                                                         

A Lia aceitou e perguntou:

- Queres ir para casa?

O Dinis respondeu “sim”.             

Depois, os dois irmãos foram para casa todos contentes. Porque já estava a anoitecer, o parque ficou sem crianças.

Dinis Espadinha

Uma grande lição

Diogo.jpg

Certo dia, estava o pintainho a comer o seu milho na floresta.

O seu pai tinha-lhe pedido para não se afastar da capoeira. Mas Martim gostava muito de ir para a floresta.

Nesse mesmo dia, o gato Matias decidiu procurar algo para comer. Estava esfomeado.

Quando viu o pintainho, escondeu-se por de trás de uma árvore para conseguir surpreendê-lo.

Mal surgiu uma oportunidade, o gato agarrou o pintainho e tentou comê-lo. Este, em pânico, piou bem alto para o galo Francisco, o seu pai.

O galo, mal ouviu seu filho, correu em seu socorro. E não esteve com meias medidas: pediu satisfações a Matias. Este ficou cheio de medo do galo. Como não soube explicar o que tinha acontecido, Francisco deu-lhe uma valente surra.

Matias aprendeu a lição: nunca se meter com pintainhos indefesos.

O pintainho ficou muito orgulhoso do seu pai e prometeu não se afasta mais da capoeira.

Diogo Pinho

 

Turma do 3.º B,

da EB de Albergaria-a-Velha

Prof. Titular de Turma: José Manuel Alho

Mais sobre este Cais

Selo BloguesEDU

Visitas ao Cais

free counter

contador de visitas

O Tempo para hoje

(clicar na imagem para outras previsões)

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D