Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cais da Escrita

Blog destinado à publicação de trabalhos dos alunos do Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha visando promover o gosto pela leitura e pela escrita. Que os alunos escrevam por prazer, com criatividade e imaginação. Desde 25 de outubro de 2011.

Cais da Escrita

Blog destinado à publicação de trabalhos dos alunos do Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha visando promover o gosto pela leitura e pela escrita. Que os alunos escrevam por prazer, com criatividade e imaginação. Desde 25 de outubro de 2011.

A minha primeira semana de aulas.

Vou contar o que mais gostei na minha primeira semana de aulas.

Gostei muito de reencontrar os meus amigos e a minha professora. Tenho uma colega nova na turma que se chama Rita e tive duas disciplinas novas em OC /TIC e Inglês .

Eu também já aprendi coisas novas. Gostei muito da disciplina de Inglês. Além de já saber algumas palavras, aprendi expressões que não conhecia, como por exemplo favourite color, surname...

Eu estou a gostar muito do 3.ºano. Espero que o resto do ano continue assim, me divirta e aprenda muito ao longo deste ano letivo.

Rodrigo Fernandes

 

Turma 3.º A,

da EB de Albergaria-a-Velha

Prof.ª Titular de Turma: Carmo Delgado

Um final diferente para o conto tradicional.

O Rato do Monte e o Rato do Moinho

O Rato do Monte andava muito magrinho.

 

Um dia, o Rato do Moinho  encontrou o do monte e disse-lhe:

- Ó amigo, tu estás tão magrinho!

- Aqui não há que comer.

- Anda para o moinho, que lá há muito que comer. Olha como eu estou gordo! Há lá muita farinha e milhinho.

 

Lá foram os dois para o moinho.  Quando chegaram à porta, disse o Rato do Monte:

- Entra primeiro, que tu já sabes os costumes.

 

O Rato do Moinho entrou, mas estava lá um gato e  foi engolido por ele.

 

O Rato do Moinho ficou muito assustado. Então começou a pensar como iria sair lá de dentro. Até que calcou uma espinha e teve uma ideia brilhante. Ele usou-a para fazer um corte na barriga do gato. Depois saiu de lá e foi ter com o Rato do Monte. A seguir foram comer farinha e milho tranquilamente.

Ângela

 

Turma 3.º A,

da EB de Albergaria-a-Velha

Prof.ª Titular de Turma: Carmo Delgado

Da turma do 3.º A, da EB de Albergaria.

O casamento da minha prima Inês e do Gonçalo

silvacarvalhocatering.com.jpg

No dia 25 de Junho tive um casamento, foi da minha prima Inês e do seu noivo Gonçalo, no Porto.

Às 9 horas e 30 minutos fui para o cabeleireiro onde me fizeram um penteado muito bonito com brilhantes.

Depois viajámos até ao local do casamento, a Quinta do Jordão. A quinta era enorme, tinha muitas árvores e jardins, um campo de ténis, uma casa grande e antiga e baloiços.

Havia uma tenda branca no meio das árvores para o banquete. Para lá chegar fui de Tuktuk com os meus primos.

Jantei numa tenda branca e pequena onde só estavam meninas e meninos até 10 anos. O comer foi arroz, carne e batatas fritas. A bebida era sumo de laranja ou água. A sobremesa foi uma fatia de bolo de mousse de chocolate.

Dormimos numas tendas de índios e a meio da noite comemos marshmallows, umas pastas de chocolate e batatas fritas de pacote.

Dancei com os noivos e convidados e brinquei com os meus primos.

Foi muito divertido. Eu adorei este dia maravilhoso.

Filipa Araújo

 

Turma 3.º A,

da EB de Albergaria-a-Velha

Prof.ª Titular de Turma: Carmo Delgado

 

Da turma do 4.º ano, do CE de Angeja.

A tulipa vermelha

A tulipa é vermelha

Vermelha como o fogo

Fogo com alma

Alma dentro de nós

Nós somos companheiros

Companheiros de coração

Coração de irmãos da liberdade

Liberdade no mundo

Mundo bonito

Bonito é viver!

Ana Rita Diaz

 

A minha família

A minha família é assim

Assim é diferente

Diferente é linda

Linda, não exageremos muito

Muito maldosa, também não

Não é igual às outras, é diferente

Diferente, é assim que eu gosto dela!

Beatriz Paiva

 

A chuva azul

Azul cor do mar

Mar com peixes

Peixes um bom alimento

Alimento de mil cores

Cores que existem no mundo

Mundo onde vivemos

Vivemos em paz

Paz é uma pomba branca

Branca é a neve

Neve como um sonho

Sonho que nunca tem fim!

Dinis Nogueira

 

A escola

Estar na escola é divertido

Divertido é estudar

Estudar é aprender

Aprender é escrever

Escrever é brincar

Brincar é partilhar

Partilhar é animar

Animar é falar!

Ana Beatriz

 

A escola

A escola é fixe

Fixe como o vento

Vento maldoso

Maldoso com a sua força

Força que faz correr

Correr para aprender!

João Maio

 

A liberdade

Liberdade é o que eu tenho

Tenho muitas coisas

Coisas não quero mais

Mais não preciso

Preciso que todos

Todos tenham liberdade

Liberdade é uma novela

Novela que nunca acaba

Acaba porque tem que ser

Ser é o que nós somos

Somos com orgulho

Orgulho que não nos falta

Falta apenas saber usar a liberdade!

Lara Marques

 

As cores

A relva é verde

Verde como as árvores que têm maçãs

Maçãs vermelhas

Vermelhas como o sangue

Sangue que nos faz viver

Viver é lindo

Lindo como todas as cores que se pode ter!

João Pinho

 

Estudar

Estudar é pensar

Pensar em coisas para fazer

Fazer coisas mágicas

Mágicas e divertidas

Divertidas como brincar

Brincar no recreio

Recreio é jogar

Jogar ao que queremos

Queremos estudar para crescer.

Iara Santos

 

Lindo dia

Lindo é o dia

Dia que parece que chia

Chia como um cão

Cão que vai com um ladrão

Ladrão que não merece ir com o cão

Cão que come um pão

Pão come o cão com a mão

Mão que não tem o cão

Cão que tem razão.

Fred Vinhas

 

O mundo

O mundo é sempre igual

Igual em todos os países

Países só quem quer

Quer que seja mau

Mau é aborrecido

Aborrecido sem liberdade

Liberdade só quem a tem

Tem e devia aproveitar!

Joana Oliveira

 

Árvore adormecida

 

Uma árvore adormecida

Adormecida e descaída

Descaída e ferida

Ferida sem folhas

Folhas que entristecem

Entristecem com crueldade

Crueldade que as mata de verdade

Verdade é a dor

Dor que sentem ao cair numa flor

Flor sem água

Água sem flor, mundo de horror

Horror e bruxaria

Bruxaria só num conto de magia!

Inês Medeiros

 

O outono

No outono tenho escola

Escola que começa em Setembro

Setembro de regresso as aulas

Aulas onde vou aprender e brincar

Brincar sem parar, no recreio vou andar!

Francisco Carvalho

 

O verão

No verão não tenho escola

Escola onde tenho de aprender

Aprender a ter ideias

Ideias tenho muitas, para o poema escrever!

André Martins

 

Os animais

Os animais são brincalhões

Brincalhões e fofinhos

Fofinhos e engraçados

Engraçados e nossos amigos

Amigos e bonitos os nossos amiguinhos!

Mariana Santos

 

A vida

O dia e a noite é vida

Vida é amar

Amar é ter amizade

Amizade é bondade

Bondade é ajudar

Ajudar é ter carinho

Carinho é respeitar

Respeitar é saber amar.

Tomás Paiva

 

 

Um Furo no Barco

Há um furo no barco,

Barco no mar

Mar onde há peixes

Peixes pequenos

Pequenos como os insetos

Insetos que picam

Picam como abelhas

Abelhas más

Más como nós para as mães

Mães que tão nossas amigas são.

André Abreu

 

Coelhos fofos

Os coelhos são fofos

Fofos como almofadas                                                                                  

Almofadas verdes

Verdes como a relva

Relva macia

Macia como as pétalas

Pétalas azuis

Azuis como mirtilos

Mirtilos doces

Doces como a primavera fresca!

Luana Rodrigues

 

A perda

A perda é trágica

Trágica como a vida

Vida que está cheia de alegria.

Alegria é divertida

Divertida como brincar

Brincar é como estudar.

Estudar é fácil

Fácil como saltar

Saltar é a alegria

Alegria de viver!

Nuno Souto

 

Centro Escolar de Angeja

Prof.ª Titular de Turma: Emília Marques

Poesia pelos alunos do 4.º ano de Angeja.

Um amor

amor1.jpg

Um amor

Que não tem final,

Um amor sem igual!

Amor, que palavra linda!

 

Amor é uma palavra,

Que nunca deve acabar.

Palavra que deve ser infinita,

É a palavra mais bonita,

A mais fiel, a melhor palavra.

 

Uma palavra incrível,

Espantosa e muito famosa!

A mais bela de todas as palavras.

Ana Rita Diaz

amor2.jpg

Centro Escolar de Angeja

Prof.ª Titular de Turma: Emília Marques

Da turma do 4.º ano, do CE de Angeja.

O mar

A-Criança-e-o-Mar.jpg

Adoro o mar

Como adoro rir

E também falar!

 

O mar é um sítio calmo

Onde podemos relaxar

E se nos apetecer

Até mergulhar!

 

O mar é um lugar

Cheio de emoção

E que se o soubermos aproveitar

Alegra-nos o coração!

João André

 

Centro Escolar de Angeja

Prof.ª Titular de Turma: Emília Marques

Mais sobre este Cais

foto do autor

Selo BloguesEDU

Visitas ao Cais

free counter

contador de visitas

O Tempo para hoje

(clicar na imagem para outras previsões)

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D