Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cais da Escrita

Blog destinado à publicação de trabalhos dos alunos do Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha visando promover o gosto pela leitura e pela escrita. Que os alunos escrevam por prazer, com criatividade e imaginação. Desde 25 de outubro de 2011.

Cais da Escrita

Blog destinado à publicação de trabalhos dos alunos do Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha visando promover o gosto pela leitura e pela escrita. Que os alunos escrevam por prazer, com criatividade e imaginação. Desde 25 de outubro de 2011.

Da turma do 4.º ano do CE de Angeja - De quem gosto (II).

A minha irmã

 

Rui Pedro.jpg

Mana querida,

És uma amiga,

És adorável

És amável.

 

Mana querida,

És a irmã da minha vida,

De manhã é a despedida

Para tu seguires a tua vida.

 

Mana querida,

Os teus cabelos brilham como o Sol,

pareces um girassol

 és tão linda como um rouxinol.

Rui Pedro

 

Mãe

Hugo (2).jpg

Mãe, és linda de encantar,

O teu cabelo, o teu olhar.

Eu amo-te a ti e tu a mim

E ficaremos sempre assim.

 

Nós podemos brincar

Sem nos magoar,

Os dois contentes

A sorrir e a mostrar os dentes!

 

Eu e tu fazemos assim,

Eu cuido de ti e tu de mim.

Este poema te faço

E dou-te um abraço!

Hugo Silva

 

 

Professora Maria do Carmo

Alexandre.jpg

A Professora Maria do Carmo

Tem valor de grande sabichão.

Quando damos um empurrão

Ela chateia- se e com razão!

 

Tem feitio de leão,

Sendo uma professora perfeita.

Se andamos mal no caminho,

Ela endireita- nos, certinho.

 

Poucas vezes ela precisa de usar as mãos,

Para não se incomodar.

Falam, riem- se,

abrindo a plataforma,

não precisa de se esforçar.

Quando fala,

Parece que a nota ré

 salta da pauta onde está escrita

E fala de pé e boa voz!

Alexandre Pinho

 

Centro Escolar de Angeja

Prof.ª Titular de Turma: Carmo Melo

Da turma do 4.º ano do CE de Angeja - De quem gosto (I).

Uma adorável irmã

Pedro.jpg

Tenho uma adorável irmã

Que é tão fofa como a lã .

Faz sempre asneiras,

Até nas nossas brincadeiras!

 

Às vezes puxa-me os cabelos

Pode ser que um dia,

Venha a ficar sem pelos.

Ela faz palhaçadas,

E eu rio-me às gargalhadas!

 

Mas pronto ,disso tudo

Posso-me proteger com um escudo.

Dedico este poema à minha irmãzinha

Que está sempre a destruir a minha casinha!

 

Vou adorar-te sempre

até quando já fores gente.

Mas por tudo o que o tu me fizeste,

Não te vou fazer nada, sua peste!

Pedro Novais

 

Mãe

Gonçalo.jpg

Mãe, estás-me sempre a encantar

só com o teu olhar,

És tão fofinha

que podemos chamar-te mãezinha!

 

Oh mãe, criaste-me com tanto amor

que só tu mereces uma flor.

És tão inteligente

como alguma gente!

 

Às vezes estamos sós

e parecemos totós!

Estamos juntos de manhã

para comermos uma maçã.

 

Estamos no mundo

a fazer um escudo.

Estás contente

por sermos boa gente!

Gonçalo Almeida

 

Centro Escolar de Angeja

Prof.ª Titular de Turma: Carmo Melo

Palavra puxa palavra. Da turma do 2.º A, da EB de Albergaria.

No campo, perto da casa da minha avó vi muitas flores

Flores silvestres e cultivadas

Cultivadas como os vegetais

Vegetais fazem bem à saúde

Saúde é o que nós queremos ter

Ter uma vida feliz

Feliz são as pessoas saudáveis

Saudáveis são as pessoas de todo o mundo

Mundo onde estão muitas flores silvestres e cultivadas.

Joana

Turma 2.º A,

da EB de Albergaria-a-Velha

Prof.ª Titular de Turma: Carmo Delgado

Mais sobre este Cais

Selo BloguesEDU

Visitas ao Cais

free counter

contador de visitas

O Tempo para hoje

(clicar na imagem para outras previsões)

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D